Montreaux e Gruyères – Suíça

Montreaux e Gruyères – Suíça dia 1

Viagem a Suíça, República Tcheca e Polônia. Dia 1

Como mencionado anteriormente, minha irmã mora na Suíça há 2 anos e é casada com um suíço. Logo, eles foram nossos guias por esse país maravilhoso. Mas, a Suíça não tem muito segredo! Observar suas paisagens belíssimas é a melhor dica que posso dar. E hoje é dia de conhecer Montreaux e Gruyères.

Família reunida na Suiça
Família reunida atrás da casa da minha irmã em Epalinges.

Alugamos um carro para conhecer a região e não depender do transporte público que, apesar de ser impecável, não tem um custo barato. Como éramos 4 pessoas compensou e nos deu maior liberdade. Para quem viaja sozinho os trens são a melhor opção, e as paisagens do caminho prometem tirar o fôlego. O Swisspass é uma boa opção que inclui todos os tipos de transporte barco, trem, ônibus.

 

Aluguel do Carro – Agencia: Sixt – valor R$ 383,22 – 4 dias

 

Montreaux

O nosso primeiro destino foi Montreaux, uma cidade à beira do Lago Leman na Riviera Suíça. A cidade da música ganhou esse título graças ao mundialmente famoso Montreaux Jazz Festival. Aqui já foi casa para diversas celebridades como Freddie Mercury e Charles Chaplin.

Montreaux Suiça

Outro evento famoso na cidade é o Mercado de Natal de Montreaux que conta com barraquinhas de comida típica, artesanato, decoração perfeita. Uma estrutura enorme criada só para essa época; até o trenó do Papai Noel passa no céu. Abre no dia 28 de novembro.

natal-montreaux

 

Aproveitamos a parte da mestacionar suiçaanhã para um delicioso e relax passeio à beira do lago. Uma dica preciosa é que o estacionamento ao lado do viaduto que margeia o lago no alto de Montreaux é GRATUÍTO. As vagas são demarcadas no chão com as seguintes cores: Amarelas – vagas particulares, proibido estacionar. E as Azuis: Não pagas, pode ficar até 1:30 hs, a não ser que especificado algo diferente na placa informativa. Para estacionar nestas vagas, é preciso colocar no painel do carro, o reloginho de papel azul, indicando o horário que você chegou. Passadas 1h30, é necessário mudar de vaga. Aos domingos e à noite geralmente o tempo é liberado.

Mesmo no inverno, os jardins ao redor do lago estavam floridos e algumas folhas do outono coloriram o dia. Mesmo com o frio, estava agradável caminhar na extensão do lago que chega a 7km neste trecho. Algumas barracas do Mercado de Natal já estavam abertas, mas o preço pode ser um pouquinho puxado, afinal, estamos na “Mônaco” Suíça. Optamos por almoçar no McDonalds à beira do lago onde o combo fica em torno de CHF 13,00 (+- R$ 45,00).

montreaux suiça



Passamos em frente ao cassino, onde também se localiza o museu Queen Experience. A entrada é gratuita e lá se encontra a sala de controle e o equipamento de som utilizados para a gravação dos álbuns do Queen. Os visitantes podem fazer um remix de suas músicas favoritas da banda.

lake leman

O centro de Montreaux é pequeno, então algumas horas bastaram para conhecermos todo o centro e fomos rumo ao Château de Chillon, o castelo mais famoso e charmoso da Suíça.

Château de Chillon

O castelo foi construído no século 13 em uma pequena ilha e já foi arsenal, prisão e residência para os Duques Savoy. Não entramos, pois pelo que vimos não era aquela atração imperdível. Sem ingresso é possível rodear seu exterior e andar em seus pátios convidativos que são carregados de beleza. O contraste com a paisagem suíça já é de tirar o fôlego. Descendo a rampa ao lado direito do castelo chega-se a uma praia com visão perfeita para o castelo, os amantes de fotografia piram nesse lugar. A área externa possui uma lanchonete e banheiros públicos.

Entrada Castelo de Chillon CHF 15,00

Entrada Castelo Chillon
Entrada Castelo Chillon
château de chillon
Para ter essa visão procura uma rampa a direita da entrada principal do castelo.

 

château de chillon

Saindo de Montreaux fomos rumo a Gruyères aproveitar o restante do dia.

Gruyeré

Chegamos a Gruyères já na metade da tarde. A cidade é famosa pela produção do queijo Gruyères que tem sua fábrica La Maison du Gruyères no pé do centro histórico da vila. Na visita à fábrica se acompanha a produção do queijo e tem um mini museu. Como o tempo estava curto fomos direto para o topo da vila, rodeada pela bela paisagem dos Alpes Suiços.

Entrada Fábrica La Maison du Gruyères CHF 7,00

Vila de Gruyères

Gruyeres

O centrinho é muito charmoso e minúsculo. Em 20 minutos, conhecemos todos os cantos. Cheio de restaurantes estilosos e lojinhas de souvenir. É difícil escolher um restaurante para comer; as opções são muitas e os cardápios bem parecidos. Os preços variam entre CHF 4,50 para uma bebida quente e CHF 28 a CHF 33 o fondue por pessoa. Indico muito o vinho quente, delicioso no inverno. Um bar muito interessante é o HR Giger Bar. Projetado pelo criador do Alien, seu interior é muito estiloso, parecendo as entranhas de uma criatura gigante.

gruyeres arquitetura

 




O castelo da cidade é lindo e rende boas fotos, no inverno. Na minha opinião, não vale a pena a entrada, pois o jardim, umas das atrações principais não está lá aquela beleza nesta época do ano. A visita é de aproximadamente 1h de audio-guia contando a história de um dos castelos mais bem preservados da Suiça.  Antes das 19h já estávamos indo embora, por falta do que fazer rs. Mas tenho as seguintes indicações pra quem vai passar mais tempo:

Entrada Castelo Gruyères CHF 12,50.

ALIEN

O Museu HR Giger. Giger é o criador do Alien e de dezenas de outros personagens macabros hiper interessantes. O museu, projetado pelo próprio artista é uma coletânea sensacional de monstros psicodélicos e criaturas muito loucas. Parecia interessante.

Entrada Museu HR Giger é CHF 12,50.

hrgigerbar
HR Giger Bar

 

cappuccino em Gruyeres

FÁBRICA DE CHOCOLATE MAISON CAILLER

A Maison Cailler  é um passeio interessante para os amantes do chocolate. Fica um pouco mais afastado do centro histórico de Gruyères. Lá, você vai ver uma linha de produção de chocolates e degustar chocolates variados. A Cailler, parte do grupo Nestlé, é um orgulho suíço e uma experiência divertida.

Entrada CHF 12,00.

 

 

 

Próximo dia: Dia 2 – Grindewald, Lauterbrunnen e Berna

Confira cada dia da nossa viagem:

Suíça

Dia 1 – Montreaux e Gruyères

Dia 2 – Grindewald, Lauterbrunnen e Berna

Dia 3 – Lausanne

República Tcheca

Praga: 5 dias

Dia 1: Hotel, Cambio, Apple museum, Restaurante JazzPraga

Dia 2: Old Town Square, Castelo de Praga, Ponte Carlos, Malá Strana, Mosteiro de Strahov

Dia 3: Bairro Judeu, Praça Venceslau, noite em Praga

Dia 4: Cabeça de Franz Kafka, Casa Dançante, Noite em Praga

Praga – Dia 5: Mercado Havelska e compras,Cisnes, Ilha de Kampa, Muro de Jonh Lennon

Cesky Krumlov: 1 Dia

Polônia 

Viajando de Praga a Cracóvia – De ônibus

Cracóvia 4 Dias – Centro Histórico, hospedagem, restaurantes.

Auschwitz – Conhecendo um campo de concentração – Dia 2

O Bairro Judeu e a Fábrica de Schindler – Dia 3

A Mina de Sal em Wieliczka – Cracóvia – Dia 4

Montreaux

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo